Resenha | Gatunas (Original Netflix)

A Netflix apostar em uma série teen não é novidade, já que sabemos que a plataforma adora investir em produções para esse público. Mas uma com a qualidade de Gatunas não é fácil. Não é brilhante, mas tem muitos pontos positivos e merece muito ser assistida. A produção é inspirada no livro de Kristen Smith e conta a história de três garotas completamente diferentes, mas com uma coisa em comum, suficiente para uni-las e torná-las grandes e inseparáveis amigas: o vício em furtar. Elas já se conhecem da escola, mas é na reunião de Furtadores Anônimos que começam a criar uma ligação.

A narrativa da série é linear e ajuda bastante na compreensão dos acontecimentos, tudo é entregue sem enrolação e de forma fácil. Tanto que os episódios são curtos, de 20 a 30 minutos, apenas. Mas isso não faz a obra ser corrida nem apressada. No início, se preocupa em mostrar os problemas das personagens com os furtos, mas toma outro rumo e os dramas das garotas roubam toda a atenção da série, que os mostra muito bem, sem deixar escapar os detalhes importantes. Gatunas tem uma direção sólida e muito competente, que consegue orientar bem os atores em cena. Tudo acontece de uma forma natural, nada é forçado.

As atuações não são brilhantes, mas são muito boas e a maioria consegue trabalhar bem, de forma convincente. O trio de protagonistas atua muito bem, com destaque para Moe (Kiana Madeira), que tem a atuação mais sólida do elenco. Ela convence com uma personagem intensa e de personalidade forte. Além disso, seu carisma ganha a simpatia do público. Tabitha (Quintessa Swindell), talvez, tenha a carga dramática mais pesada, por conta dos problemas familiares e do relacionamento abusivo. Quintessa consegue segurar muito bem o peso da personagem, passa veracidade em cena e consegue emocionar o espectador. Elodie (Brianna Hildebrand) tem a atuação de menor destaque entre as três, mas, ainda assim, trabalha bem e convence. O que mais se destaca em relação a elas e que segura bastante a série é a química entre as atrizes, o deixa a amizade entre as personagens muito bem construída.

Gatunas pode não ficar muito tempo na memória do espectador, mas se destaca e é realmente muito interessante. Fala sobre problemas familiares e como eles podem refletir negativamente nas pessoas, sobre a força da amizade e o poder que ela tem de mudar a vida de alguém. O tema mais polêmico aborda o relacionamento abusivo sofrido por Tabitha. Esse é um assunto extremamente importante, que não pode ser esquecido, e que foi muito bem trabalhado na série. Gatunas também chama a atenção para o fato de que as pessoas se importam demais com as opiniões dos outros e só pensam em ser aceitas, em ter aprovação dos demais. A produção ainda aborda a questão do empoderamento feminino, com o drama vivido por Tabitha, o que é essencial, atualmente. Não se deixe enganar pela sinopse, porque a série surpreende e toma um rumo diferente, ao longo dos episódios. Vale muito a pena.

O post Resenha | Gatunas (Original Netflix) apareceu primeiro em Entreter-se.

Author

Share